terça-feira, 10 de dezembro de 2013

O Enigma da Generosidade dos Pães

Perambulavam por essas paragens, em tempos a muito ido, dois aventureiros, que um dia por uma acaso do destino encontraram um pobre viajante, roto e ferido, que após socorrido , narrou a sua história, uma historia na qual ele havia sido atacado por bandidos e deixado para morrer a beira da estrada, o que realmente teria acontecido se não tivesse sido o auxilio dos dois aventureiros. 

Com o cair da noite, o grupo , então agora composto pelos dois aventureiros e o viajante, decidiram levantar acampamento, momento no qual o viajante indagou aos aventureiros:
 - Por acaso trazem vós algo que eu possa comer ? Estou quase a morrer de fome!
- Tenho de resto , 3 pães - disse um.
- Trago comigo ainda 5 - afirmou o outro.
- Pois juntemos esses pães e façamos uma sociedade única e repartamos cada pão em 3 partes iguais para cada um coma uma delas e comamos todos igualmente, por que os deuses os recompensarão por sua generosidade para comigo.

E assim o fizeram, e na manhã seguinte, o viajante não estavam mais entre eles e onde era o seu leito, havia no lugar uma bolsa de couro, com 8 diamantes. Como dividiriam de forma justa tal dádiva ?  


sábado, 5 de outubro de 2013

Ghostbusters 3D&T - Parte 2

Os Fantasmas.


De acordo com o poder e a substancialidade da manifestação ectoplasmática,s o fantasmas com os quais os caça-fantasmas lidam em sua rotina podem ser classificados da seguinte forma:


Classe I: Esse tipo de entidade paranormal é definido como uma forma não desenvolvida, insubstancial e difícil de ver. As interações de um Classe I com o mundo físico são  limitadas e enigmáticas (ex: vozes, sons, luzes espectrais). Simples aplicações de raios próton podem dissipá-los permanentemente. Em 3D&T suas características são F0 , H0, R0, A0, PdF0.

Classe II: São entidades que possuem características visíveis e podem manipular objetos fisicamente ( ex: poltergeist). Suas formas costuma possuir uma manifestação vaga e inconsistente  como uma mão ou um rosto flutuante. Costumam agir de forma mais agressiva, contudo um raio próton continua sendo uma forma eficaz de ser lidar com manifestações desse tipo.

F0-1, H0-2, R0-1, A0, PdF0-2, Voo, Invisibilidade.

Classe III: Quando uma manifestação incorpórea assume uma forma humanóide distinta ( rosto, membros, torso) é classificada com um Classe III. Costumam alterar suas formas enquanto se manifestam no plano material e quando finalmente se materializam são redesignados como um Classe IV. Mais difícil de lidar que as classe anteriores, apresentam poderes diversificados e sofisticados meios de defesa.

F1-3, H0-3, R2-3, A0-4, PdF0-3. Incorpóreo, Invisibilidade, Voo, Monstruoso, Restrição de Poder ( quando não manifestado completamente).

Vantagens: Alguns Classe III possuem de 1 a 3 Pontos de Personagem para serem gastos em Vantagens. As mais comuns costumam ser Área de Batalha, Deflexão, Paralisia e Separação.

Magias: Um Classe III podem lançar 3 magias da escola Magia Negra ou Escola Elemental  pagando seu custo em PMs, mesmo sem possuir nenhuma vantagem mágica.

Pânico: Classe III podem conjurar  esta magia pelo custo normal em PMs.


Classe IV: Após completamente manifestado um Classe III passa a ser classificado como um Classe IV. Uma pesquisa mais profunda da sua origem pode revelar um background da entidade e uma possível comunicação com ela para descobrir suas motivações.

F1-3, H0-4, R2-5, A0-4, PdF0-4. Incorpóreo, Imortal I, Invisibilidade, Voo, Monstruoso, Devoção.

Vantagens: Alguns Classe IV possuem de 1 a 5 Pontos de Personagem para serem gastos em Vantagens. As mais comuns costumam ser Área de Batalha, Deflexão, Paralisia e Separação.

Pânico: Classe IV podem conjurar  esta magia pelo custo normal em PMs.

Magias: Um Classe IV podem lançar 5 magias da escola Magia Negra ou Escola Elemental  pagando seu custo em PMs, mesmo sem possuir nenhuma vantagem mágica.


Classe V: Essas são entidades incorpóreas que não possuem forma humanóide. Teorias supõem que são formados de fortes emoções ou lugares com relação a um evento traumático. Tipicamente requerem extensivo uso de raios próton ou mesmo a captura usando uma armadilha, já que dada sua origem, não podem ser despachados permanentemente.

F0-6, H4, R5-8, A4, PdF3-6. Incorpóreo, Imortal II, Invisibilidade, Insano ( duas Insanidades de -1 ou uma mais grave de -2), Monstruoso.

Classe VI: São as manifestações ecto plasmáticas de animais( e alguns seres considerados mitológicos ou monstros). Além do uso de raios prótons  são sugeridos a pesquisa em seus habitats naturais, alimentos ou objetos que provoquem alergia e repulsão ou uma extensa pesquisa sobre os inimigos naturais da criatura.


*Dada a imensa variedade de seres que podem se encaixar nessa categoria, sugiro o uso de um monstro do Manual dos Monstros e o acréscimo das Vantagens  e Desvantagens adequadas para simular os poderes fantasmagóricos. Ex: Hidra Ecto plasmática F4, H0/3, R2-10, A4, PdF2-10(químico), Membros Elásticos, Tiro Múltiplo, Intangível , Incorpóreo. Ambiente Especial.

Classe VII: Entidades extra-dimensionais com poderes além da compreensão humana. Pragas, surtos de possessão , materialização e desmaterialização de objetos, são alguns dos indícios da manifestação de uma entidade Classe VII.

Ex.: F3-5, H3-6, R4-6, A3-6, PdF3-5 Arcano, Imortal,Invisibilidade, Possessão, Telepatia Voo, Devoção.

Pânico: Classe IV podem conjurar  esta magia pelo custo normal em PMs.

•Psiquismo: Pode usar a magia ilusão como
habilidade natural,








As demais características abaixo podem aparecer em qualquer outra entidade independente da classe a qual ela pertença. Os caças-fantasmas podem tanto encontrar um Classe VI Ancorado ( talvez uma espécie de trem fantasma que não pode deixar os trilhos do metro de Nova York) como vários Classe I Repetidores em uma mansão assombrada. Tudo depende do mestre e do fantasma que ele deseja criar.


Ancorado: . São entidades incapaz de deixar um lugar ou uma construção.

Flutuante: O oposto dos Ancorados. São entidades sem laço com lugares específicos, capazes de deixar a área em que surgiram inicialmente. Apesar do comportante caótico que apresentam a principio, costumam seguir um modus operandi. A identificação e investigação desse modo pode ser a chave para eliminar a sua ameaça.

Repetidor: Esse é um tipo de entidade que continua retornado até que a fonte de energia ectoplasmática da qual ele se origina seja descoberta e neutralizada.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Ghostbusters 3D&T - Parte 1



Algo estranho na vizinhança ? Chame os caça-fantasmas!

De todas as franquias de filmes que surgiram na década de 80, poucas ( a outra no meu caso é De Volta para o Futuro)conseguiram arrebatar uma quantidade tão grande de fãs ( e dinheiro) como a dos Ghostbusters , ou os Caça-Fantasmas. Os personagens dos filmes já apareceram em jogos de video-game, viraram brinquedos e já tiveram até a sua adaptação para um livro RPG próprio produzido em 1989 pela West End Games.  E com o anúncio no começo do ano de que um terceiro filme da franquia começaria a ser filmado em 2014, por que não um pequena adaptação para 3D&T ?

sábado, 7 de setembro de 2013

Quem não bebe, não fuma e não mente...Personagens e seus votos.

O caminho para a pureza e redenção , passa antes de mais nada por um estilo de vida devoto não raras vezes envolve uma série dogmas e votos pré-estabelecidos por uma crença especifica ou pela cultura na qual o indivíduo vive. Sacerdotes celibatários, monges que não ingerem bebidas alcoólicas ou comem carne, frades que fazem um voto de pobreza voluntária. No RPG também existem personagens seguindo alguns votos específicos, o D&D em suas primeiras versões apresentavam um clérigo que não podia usar armas cortantes ou perfurantes, apenas clavas, maças, martelos, apenas armas que causassem dano por contusão. O Manual dos Aventureiros do sistema 3D&T ( aquela versão antes da versão Turbo) tinha em sua descrição do Heróis dos Ventos, um paragrafo dizendo que muitos heróis haviam perdido seu poderes elementais do Ar, por causa de uma única noite de amor.

Assim sendo , a ideia de um personagem que segue um voto especifico , pode render em sua mesa um bom role play, assim como para jogadores mais focados nas regras, a Desvantagem voto pode servir como uma Restrição de Poder de Poder, mas sem contar no limite máximo de Desvantagens possuída por um personagem, da mesma forma que as Desvantagens de um Ataque Especial, mas lembrando que a Vantagem sempre custará no mínimo 1 Ponto.

Voto de Pobreza (-1 Ponto).

Você abre mão de todas  suas posses materiais, terras e tesouros, incluindo itens mágicos ( mas ainda podendo adquiri-los como Pontos de Experiência).

Voto de Pureza (1- Ponto)

Você segue um rígido código de conduta, que visa a purificação do corpo e da alma. Jamais deve comer carne, beber álcool ou utilizar qualquer tipo de droga, tampouco se envolver em relações carnais.

Quebrando um Voto.

Da mesma forma que um Código de Honra , um voto pode ser quebrado. Quando isso ocorre os efeitos podem tão diversos como o mestre desejar. O personagem pode perder algum de seus poderes ,no caso do voto ser ligado a uma Vantagem específica ou outra Vantagem devido a uma espécie de trauma, receber um PE a menos no final da aventura por cada vez que o voto for violado, ou uma redução de -1 em uma característica ou em todas até a realização de uma penitência adequada, o que pode render uma nova aventura.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Paragons Paths em 3D&T - Tieflings

Tiefling ( 1 ponto)


A muito tempo, os tiefling foram demônios, mas essa herança já foi esquecida a muito, embora a aparência de um individuo desta raça diga o contrário.
Tieflings possuem uma aparência demoníaca, sendo esta a razão para a maioria dos povos os ligarem a seres infernais. Contudo, é comum que tieflings possuam boa índole e se tornem aventureiros.
Como possuem uma herança sobrenatural, tieflings são constantemente descobertos como feiticeiros ou ainda bruxos.

Poder de Fogo +1. Tieflings possuem uma mira apuradíssima.

Furtividade. Apesar de tudo, é verdade que tieflings possuem certa inclinação para o crime. Para eles a perícia Crime custa 1 ponto.

Ligação com o Fogo. Tieflings foram, tempos atrás, seres do plano infernal. Isso lhes garantiu certa habilidade com o fogo, graças a isso, eles recebem gratuitamente a vantagem Elementalista (fogo) caso possuam Magia Elemental.

Má Fama. Até hoje tieflings são ligados a demônios, por isso eles não são tão bem tratados em todos os lugares.


Herdeiro de Turathi. (Turathi Highborn)

Requisito: Tiefling , capacidade de lançar magias.
Função: atacante ou dominante.

"O erro dos meus ancestrais foi lidar com
poderes que eles não podiam controlar"
Os pecados de Bael Turath estão expostos na aparência sinistra da raça dos tieflings e seus descendentes. Cada par de chifres, cada cauda pontiaguda, cada par de olhos vermelhos brilhantes lembram o mundo dos perigos de se lidar com demônios e os males que resultam dessas barganhas perversas. Muitos tieflings superam essas trevas , resguardando suas almas, mas outros acham muito mais difícil se apartar desse mal inerente a sua sinistra ascendência .Você como um Herdeiro de Turathi , carrega um fardo mais pesado que os demais Tiefling, já que seus antepassados foram responsáveis diretamente pela condenação da raça. Para o bem ou para o mal, você retém uma conexão maior com os poderes infernais. Você libera explosões de chamas infernais contra seus inimigos quando enfurecido, essas mesmas chamas fortalecem seus outros talentos. Utilizando os conhecimentos da antiga nobreza de Bael Turath,você transtorna a mente de seus inimigos fazendo deles seus escravos - Ao mesmo tempo que que os envolvem em chamas.

Furor de Turathi: Todos seus ataques realizados contra inimigos que estejam com menos da metade de seus Pontos de Vida ganham um bônus de +2 na FA.

Ataque Infernal: Gastando uma ação de movimento e 3PMs você pode lançar uma versão da magia Inferno de Gelo. Essa versão causa 2d de danos (baseado em calor/fogo) que ignoram a Armadura do Alvo caso ele falhe em um teste de R-1.

•"Ajoelhe-se perante Turathi": A magia Marionete faz parte de suas magias iniciais e toda vez que usá-la pode escolher causar dano igual a sua H+1d no alvo a cada turno que ele estiver sobre seu controle.


Caçador Demoníaco. (Hellstalker)

Requisito: Tiefling, Perícia Crime.
função:  atacante.

Poderes sobrenaturais vem naturalmente para um tiefling. A essência demoníaca correndo em suas veias é obviamente a razão para isso. De maneira residual, esse poder que permite que permite aos tiefling retaliarem aqueles que ousam atacá-los e a história já mostrou que um tielfling que deseje por mais poder, pode manifestá-lo em uma variedade de formas.
 Essas maneiras, por assim dizer, são semelhantes com os demônios e seu lares. Quando um mortal fala de inferno, ele se refere a fogo, enxofre, e os castigos infligidos pelos demônios nos pecadores, mas a verdade é mais complexa. O infero possui gelo, tempestades e trevas. Não é surpresa que alguns membros dessa raça possam usar esses elementos combinados produzindo prodígios como uma chama que não ilumina.
A maioria dos tieflings manifestam esses talentos com fúria e chamas. Trazendo terror ao coração dos inimigos, utilizando seus poderes diabólicos, mas eles esquecem que a furtividade pode ser a melhor ferramenta para o mal. Eles não aprenderam que o que os mortais mais temem é aquilo que não podem ver.


Envolver em sombras. Você pode lançar a magia Cegueira como uma habilidade  natural, pagando seu custo em PMs, mesmo que não possua as vantagens necessárias.

Vindos das sombras. Em locais escuros você pode usar a Vantagem Invisibilidade como se realmente a possuísse, mas pagando 2 PMs por turno. Caso venha a comprá-la, o custo passa  a ser 1 PM a cada 2 turnos.

Olhar sombrio: você é imune a todas as formas de cegueira e também é capaz de enxergar perfeitamente na mais profunda escuridão inclusive aquelas de origem mágica.



Tiefling Diabo da Batalha. ( Tiefling Warfiend)


requisitos: Tiefling, F2, R2, Fúria.

função: atacante ou tanque.


A mistura de demônios e mortais criou os tieflings, infundindo os para sempre com o sangue demoníaco. Mas nessa corrupção existe poder. E como qualquer outro poder ele pode ser direcionado, para o bem ou para o mal. 

Muitos usam esse poder que queima em seus espíritos, na maneira mais básica, permitindo que sua raiva e desejo por vingança aumentem a força de seus golpes aprenderam a canalizar suas emoções negativas como ferramentas de guerra.
O Império Caído de Bael Turath possuía tropas inteiramente formada por esses temíveis guerreiros, que podiam transformar sua fúria demoníaca em manobras militares. Apesar da queda do império, alguns desse guerreiros sobreviveram  e suas técnicas de luta foram passadas adiante, através dos séculos. Alguns mestres do estilo ensinam suas técnicas para aqueles que desejam controlar seu demônio interior, outros preferem focar sua fúria interior em caminhos mais violentos para não deixá-la poluir outros aspectos da vida.
"Minha raiva pode ser justificada,
mas ainda queima dentro do coração
de um diabo"

Fúria incansável: você é uma máquina de combate. Você nunca fica esgotado após uma Fúria.


Furor incandescente: Quando em Fúria, você recebe um bônus de +2 na FA (além do bônus da própria Fúria). Além do seu dano normal, ele passa a ser considerado calor/fogo.


Represália. Quando um aliado próximo a você recebe um ataque, você pode fazer fazer um ataque com FA = F+1d. A quantidade de ataques é igual a sua Força.


Ressurgência Infernal: você se sente revigorado ao abater um adversário. Toda vez que deixar um inimigo com 0 PVs você recupera uma quantidade de PVs igual a R do adversário.













quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O Minotauro de Nate Hallinan.


Recentemente navegando pela internet eu me deparei com o portfólio de um artista que me chamou a atenção, não só pelas ilustrações de encher os olhos que compunham o seu portfólio, mas também por uma releitura de um monstro bem conhecido: O Minotauro.




Abaixo, disponibilizo uma versão em JPEG e o link para uma em PDF, contento a ficha para 3D&T e o texto que pode ser encontrado como descrição da mesma imagem no seu portfólio.

Confesso que criei a ficha imaginando o como uma criatura titânica, digna de aparecer em um dos jogos da série God of War, mas você que está lendo isso e pretende usá-lo na sua campanha ou aventura, tem toda liberdade para alterar as características e tudo mais.






Download PdF


Texto original: Minotaur Concept.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

A Cidade Engarrafada: Conceito e Ganchos.


Uma cidade encolhida junto com tudo que há nela até proporções minúsculas o suficiente para caber em uma garrafa ? Isso é ao mesmo tão absurdo e fantasioso que ganhou um espaço em muitas  das mídias da cultura moderna; A expansão de Magic the Gathering  Arabian Nights apresenta uma carta intitulada City in a Bottle, no desenho Superamigos em um determinado episódio  alienígenas visitavam a terra com um intuito de encolher uma cidade do meio-oeste americano e levá-la para seu planeta e as histórias em quadrinhos do selo DC apresentaram duas variações do mesmo mito; um nas história do Superman, com a cidade de Kandor e o outro pelo selo Vertigo ( ainda da DC) com a história do Sandman intitulada Ramadan , na qual um califa decide barganhar como  Morpheus para que sua cidade seja selada dentro deu uma garra e dure para sempre, a nossa saudosa Dragão Brasil apresentava na edição nº 85, em meio aqueles 50 ganchos para aventura , um que por si só já renderia uma campanha e por último mas não menos importante, na década de 1970 havia uma aventura escrita pelo próprio Gary Gygax, cuja história principal girava em torno de uma cidade engarrafada na qual habitavam seres místicos ( deuses, anjos e demônios).

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Ganchos para Aventuras de Faroeste.

Cenários e mini-cenários com a temática de Faroeste são uma boa pedida quando as idéias para a fantasia medieval se esgotam. Para os mestres que desejam essa abordagem nas suas mesas aqui vão 5 ganchos para começar uma aventura.

1.Saindo dos Trilhos.

Esse é um gancho que começa de uma maneira trivial e se desenvolveu para algo fora comum através de meios mágicos tornando-o mais recomendado para personagens de Smokestone, mas não que isso impeça de ser situada em qualquer outro cenário aumentando assim a surpresa dos jogadores.

Os jogadores estão em um trem e as coisas começam a dar errado quando o trem é invadido por bandidos, sendo que o líder deles é munido de um artefato mágico que faz com que o trem saia dos trilhos sem descarrilhar e continue a todo vapor. Para onde ? Apenas o vilão sabe. E aqui você pode definir o modus operandi que você acha mais adequado para antagonizar seus jogadores, talvez o vilão tenha voltado do mundo dos mortos e precisa levar um número X de almas para o outro lado e esse é coincidentemente o mesmo número de passageiros que existe no trem, quem sabe sem que os jogadores saibam o trem está levando um grande carregamento em lingotes de ouro que iriam ser usado para pagar o soldo dos soldados que estão lutando na fronteira, ou talvez o vilão deseje usar o trem para atingir 88 milhas por hora e assim abrir um portal de volta para seu próprio tempo (Clássico !). Infelizmente para os passageiros e os jogadores, nesse ultimo caso o trem está rumando para um penhasco ...

2.Ladrões de Gado.


O gado da cidade está sumindo. - e os jogadores são voluntários ( ou são encorajados)  a ajudar.

Quando eles eventualmente seguem os rastros dos ladrões , eles encontram um acampamento habitada por colonos morto-vivos, que até se mostram amistosos a chegada dos jogadores e revelam que embora eles não se lembrem de como eles ficaram dessa forma eles tem consciência de que se tornaram "monstros" e temem retornar a cidade a qual pertenciam ( a mesma que enviou os jogadores). Se questionados sobre o gado, eles confirmam que eles são os ladrões, mas é por que eles precisam de carne para sobreviver.

Irão os heróis matá-los ( de novo) de qualquer forma ? Irão eles ajudá-los ? E se o xerife da cidade deu uma ordem para os jogadores não voltaram até que os ladrões estivessem mortos ?

A partir desse ponto: Se os jogadores massacrarem a colônia, eles retornam como mortos-vivos furiosos e rumam para a cidade em busca de vingança. Fazendo com que os jogadores saiam em busca para descobrir qual foi a força que reanimou os corpos dos colonos antes que eles cheguem na cidade e realizem um massacre. Para tornar as coisas mais difíceis os colonos zumbis podem ser do tipo capaz de contaminar aqueles que eles mordem ou arranham , transformando-os em zumbi também. Zumbis que não permanecem mortos ( exceto quando queimados/decapitados/exorcizados) também são uma boa opção.


Caso os jogadores optem por uma abordagem mais amistosa convencendo os colonos-zumbi a retornarem a sua cidade de origem, como a população irá recebe-los de volta ? Lembre que NPC's religiosos podem ser contra e começar um massacre na calada da noite causando a vingança dos colonos-mortos da mesma forma como descrita anteriormente.

3.Mantenha seus amigos perto...

Um gancho muito interessante para ser usado no caso de um jogador ou todos jogadores do grupo estiverem com algum tipo de problema com as leis. 

De alguma forma definida pelo mestre, os jogadores conhecem/salvam/ são salvos por um NPC que representa a lei , como um xerife por exemplo. Como o jogador ou jogadores vão manter sua identidade de fora da lei e seus crimes de um inimigo em potencial ? 

A partir desse ponto: Se descobertos o que acontece ? Um tiroteio ? Um duelo ? Se os fora-da-lei vencerem, isso vai trazer para eles uma nova leva de problemas com as leis ? Ou talvez ele ofereça para eles um trabalho sujo em troca de perdão pelos seus crimes ? 

4.Apenas um sonho.


Esse é um gancho que começa quando os personagens dormem, pelo motivos mais variados. Dormindo próximos a um lugar mal-assombrado, dormindo após consumir ervas alucinógenas em um rito indígena ou qualquer coisa que sua mente imaginar. Os benefícios de um evento assim no meio da sua campanha é que você pode levar os jogadores a onde você achar mais adequado, não precisando se preocupar com a continuidade da narrativa, não precisando se preocupar com quão exagerado ou surreal isso possa ser já que é apenas um sonho. Com extra de que isso é uma forma de fugir um pouco da campanha tradicional misturando com outras histórias enquanto eles estão no mundo dos sonhos.

A partir desse ponto: A morto nos sonhos representa a morte no mundo real ou o jogador vai apenas acordar gritando e suando frio ? Podem esses sonhos serem previsões ou pistas para algum outro problema que eles buscam resolver ? E por que não os jogadores derrotados no sonho-  de modo brutal e macabro, é claro - em um sonho só para mais tarde esse mesmo local aparecer na campanha, enfrentando o mesmo inimigo que os derrotou no sonho. Certamente isso é algo que daria um clima especial para a sessão.

5.Chegou um estranho na cidade.

Um estranho chegou na cidade e as coisas ficaram estranhas ! O estranho chega em uma cavalo moribundo e tomba morto no meio da rua antes que a cidade acorde. As coisas estranhas podem ser qualquer coisa - a crianças começam a sumir, alguém envenena o poço, animais agindo estranhamente, os mortos se levantando.

A partir desse ponto: Os jogadores precisam descobrir se o estranho é a causa ou estava lutando contra a causa dessas paranormalidades. Se os jogadores também forem estranhos na cidade o que impede que o xerife jogue-os na cadeia e o povo apareça por lá com tochas,ancinhos e foices para linchá-los ? 

terça-feira, 13 de agosto de 2013

21- Dicas para quando for Mestrar.

Soa presunçoso da minha parte tentar dar dicas sobre como mestra ou não , já que minha última sessão de RPG aconteceu a mais de dois anos, mas acontece que o Rolando 20 compartilhou esse artigo de um site gringo que eu achei extremamente interessante por isso decidi reproduzir aqui no 3D&T a Bordo aquelas dicas que eu achei mais relevantes.




quinta-feira, 18 de julho de 2013

Kits Brasileiros - Bandeirante e Capitão do Mato.

Bandeirantes


Requisitos: Inimigo, Sobrevivência.

Denominam-se bandeirantes os sertanistas do Brasil Colonial, que, a partir do início do século XVI, penetraram-nos sertões brasileiros em busca de riquezas minerais, sobretudo a prata, abundante na América espanhola, indígenas para escravização ou extermínio de quilombos.
A maioria dos bandeirantes era descendente de primeira e segunda geração de portugueses em São Paulo, sendo os capitães das bandeiras de origens europeias variadas, havendo não só descendentes de portugueses, mas também de galegos, castelhanos e cristãos novos, além de alguns casos de parentescos genoveses, bascos, sarracenos, napolitanos e toscanos, entre outros. Compunham minoritariamente as tropas segmentos de índios (escravos e aliados) e caboclos (mestiços de índio com branco), normalmente chegando a, no máximo, vinte por cento do contingente total, e executando as tarefas secundárias da tropa, tal qual a manutenção dos mantimentos e cuidados dos animais de abate.

Houve três tipos de bandeiras: as de tipo apresador, para a captura de índios (chamado, indistintamente, "o gentio") para vender como escravos; as de tipo prospector, voltadas para a busca de pedras ou metais preciosos e as de sertanismo de contrato, para combater índios e negros (quilombos).

De início, eram aprisionados os índios sem contato com o homem branco. Posteriormente, passaram a aprisionar os índios catequizados, reunidos nas missões jesuíticas. Grandes bandeirantes apresadores foram Manuel Preto e Antônio Raposo Tavares, que forneciam índios às fazendas do Brasil que necessitavam de mão de obra escrava e que não contavam com suficiente quantidade de escravos negros.

Assim sendo opiniões sobre os bandeirantes são divergentes em certo ponto, já que para alguns eles são os responsáveis pelo massacre nos quilombos e extermínio de povos indígenas enquanto para outros eles são vistos como homens heroicos e corajosos, essenciais ao desenvolvimento da colônia e responsáveis pela extensão do território brasileiro.

Busca e apreensão: você recebe um bônus de +1 em sua FA quando luta com um objetivo de capturar seu inimigo vivo. Além disso, quando reduz seu adversário a 0 PVs, você pode fazer com que ele ignore qualquer resultado quase morto ou morto, ficando inconsciente em vez disso.

Crítico Aprimorado (Inimigo): quando você faz um acerto crítico contra seu Inimigo, sua Força ou PdF é triplicada (em vez de duplicada).

Desbravador: Você pode gastar 1 PM para comprar um sucesso automático em um teste de Sobrevivência, um número de vezes igual a sua Resistência.


Faro para tesouros: você é um saqueador nato, e tem um sexto sentido para encontrar baús, joias e moedas. Você pode gastar 1 PM para perceber riquezas escondidas em um raio de 100m.

Inimigo escolhido: Com uma ação de movimento você pode trocar seu Inimigo mesmo após a criação do personagem, mas só podendo alternar entre negros e índios, os adversários mais comuns dos bandeirantes.

Capitão do Mato


Requisitos: Má Fama, Crime ou Sobrevivência.

O capitão do mato era na origem um empregado público da última categoria encarregado de reprimir os pequenos delitos ocorridos no campo. Na sociedade escravocrata do Brasil, a tarefa principal ficou a de capturar os escravos fugitivos.

O termo capitão do mato passou a incluir aqueles que, moradores da cidade ou dos interiores das províncias, capturavam fugitivos para depois entrega-los aos seus amos mediante prêmio.

Os capitães do mato gozavam de pouquíssimo prestígio social, seja entre os cativos que tinham neles os seu inimigos naturais, seja na sociedade escravocrata, que os considerava inferiores até aos praças de polícia, e os suspeitava de sequestrar escravos apanhados ao acaso, esperando vê-los declarados em fuga para depois devolvê-los contra recompensa.

Nos últimos dias do regime da escravidão, em 1887-88, quando os escravos fugiam em massa das fazendas da Província de São Paulo, os chefes do Exército, ainda gozando do prestígio de combatentes da guerra do Paraguai, recusaram-se a assumir a desprezada função.

Busca e apreensão: você recebe um bônus de +1 em sua FA quando luta com um objetivo de capturar seu inimigo vivo. Além disso, quando reduz seu adversário a 0 PVs, você pode fazer com que ele ignore qualquer resultado quase morto ou morto, ficando inconsciente em vez disso.

Nunca Indefeso: você está atento ao perigo o tempo todo. Em qualquer situação em que tenha liberdade de movimento (até mesmo dormindo), você nunca é considerado indefeso.

Intuição: com um teste bem sucedido de Habilidade, um capitão do mato pode descobrir onde está alguém que ele já tenha visto antes. Essa habilidade recebe o bônus de Trabalho Sujo.

Trabalho Sujo: você não gosta do que faz, mas por algum motivo não tem escolha. Sempre que partir a caça de um escravo fugitivo que tenha cruzado seu caminho, você automaticamente recebe um bônus de H+2 em combate e testes de perícia contra ele (apenas contra ele), como se fosse seu inimigo.


sexta-feira, 7 de junho de 2013

Mago do Vácuo.

Requerimento: Arcano; Ciências

Função: dominante

De todas forças elementais que compõem o universo, a mais poderosa e a mais difícil de controlar é aquela que existe no vão entre elas e as mantém coesa: o vácuo. Elementalistas extraem suas forças diretamente de um elemento em especifico enquanto magos usam todos. Mas Magos do Vácuo compreende que tudo no mundo contém todos os elementos básicos, mantidos coesos pela ultima essência tangível. O vácuo é como o silêncio entre as notas de uma canção, dando ritmo e e forma para o todo. 
Devido a essa compreensão das formas do universo não é raro que adotem o papel de sábios e protetores de ensinos religiosos, filosóficos e das lendas. Também não é raro que esses estudiosos do vácuo viajem pelos reinos seguindo manifestações de poder mágico inerentes aquelas que nascem mais afinados com essas energias e supervisionem o treinamento desses indivíduos até que eles cheguem a maturidade.

Alteração do Curso: Se não gostar da sua rolagem de dados, você pode realizar um teste da Perícia Ciências e rolar novamente. Você fica com o melhor resultado.

Liberação: você é capaz de remover bloqueios mentais que afligem um aliado (ou até você mesmo, inconscientemente), liberando todo seu potencial, dando assim um bônus temporário de +1 em duas Características do alvo por um turno, ou +2 em uma só Característica. Você pode usar esse poder uma vez por dia para cada Ponto de Habilidade.

Supressão: Você enfraquece um adversário que falhe em um teste de Resistência, impondo um redutor de -1 em todas suas características por uma quantidade de rodadas igual a sua Resistência. Usar essa Habilidade consome 3 PMs por alvo afetado. Os redutores são cumulativos com outros redutores ( venenos, maldições, fúria).

Buraco Negro: Você recebe a magia de mesmo nome como uma magia Inicial e pode lança-la pela metade do custo em PMs, mesmo sem atender seus requisitos.





segunda-feira, 27 de maio de 2013

O Culto dos Abscindidos.


"Se a tua mão o fizer pecar, arranca-a e joga fora. Se o teu olho o fizer pecar, arranca-o e joga fora"


O Culto dos Abscindidos  pode ser visto por muitos como um grupo de zelotes insanos que se autoflagelam  e mutilam seus inimigos em nome de uma estranha divindade conhecida como O Etéreo. E talvez fossem só isso mesmo se não fossem pelos estranhos poderes dos sacerdotes, os soldados que defendem o templo e o poder e influência politica de Ahmad Zaher, o sumo sacerdote dos Abscindidos.

A crença do Culto dos Abscindidos se baseia em que o corpo físico, atrelado ao Plano Material é uma coisa pecaminosa, cheia de desejos que nos conduzem aos erros e faz com soframos todas as agruras da vida material, como fome, frio, cansaço. Assim sendo, o objetivo final é o desprendimento da matéria, buscando uma forma do corpo evoluir e deixar sua parte carnal para trás. O que choca os descrentes é que isso acontece de forma gradativa com automutilações conforme o fiel avança nos níveis hierárquicos do culto. 
Nas cidades onde existam células muito influentes do culto, é normal que criminosos recebam sentenças dadas por clérigos do culto que aplicam amputações como forma de punição. Roubo é punido com a amputação e uma das mãos, fugitivos tem seus pés amputados, espiões perdem os olhos e estupradores, bem , acho que já da para imaginar o que eles perdem.
O Culto age em células independentes , espalhadas pelo continente e gozando e certa influência em determinadas cidades, quase sempre instalando um regime de teocracia nessas cidades e não rara vezes suplantado o regime anterior e as demais religiões , tomando seus templos através de politicagem ou pela força bruta.

Embora a propagação de sua crença, o aumento da influência e acúmulo de riquezas pareça ser o objetivo a curto prazo do culto, este está longe de ser o objetivo final dos Abscindidos, cujo real intento é conhecido apenas por Ahmad Zaher, que em outros tempos fora Ahmad, o desertor. 

Nessa época, pouco  mais que o capitão de um destacamento enviado para suprimir um grupo de rebeldes no meio do deserto. Lá sua estratégia e arrogância decretaram a sua derrota e consequentemente a perda de uma perna e um braço após ser atingido pela magia de um feiticeiro que lutava ao lado dos rebeldes. Cercado de inimigos e cego pela dor ele abandonou seus soldados no campo de batalha e fugiu, levado pelo seu cavalo para longe.
Prestes a morrer, ele encontrou um Oasis em meio a ruínas antigas, cujas lendas afirmavam que ali em outros tempos viveu um povo avançado nos conhecimentos mágicos, mas que isso foi a sua derrocada. Ali Ahmad, o desertor ouviu uma voz chamando, o que a principio ele julgou como sendo alucinações ou o espirito daqueles que ele abandonou que haviam vindo para busca-lo. A voz na verdade era aquele a quem Ahmad chamaria e O Etéreo, ao qual devotaria sua vida para sempre, após ter sido pelos poderes sobrenaturais do mesmo.


O ser chamado de O Etéreo, nada mais é que do que o antigo monarca-arquimago da civilização que deixou todas essas ruínas para trás. Dotado de grande poder mágico ele acreditou ter encontrado um ritual que o transformaria em uma divindade, fazendo o ascender a níveis de poder incomensuráveis, mas talvez o ritual estivesse errado ou os deuses tenha enviado seus servos ou castiga o monarca por sua ambição desmedida, o ritual não deu certo e uma onda de energia varreu cada uma das cidades-estado do reino mandado a todos de uma só para uma dimensão de sombras e espíritos  privando-os também de seus corpos físicos que desfaleceram devido ao poderoso ritual. Nesse outro plano também , com o tempo,a energia vital dos mais fracos foi drenada fazendo os desaparecer para sempre na escuridão, mesmo assim o monarca-arquimago que  existindo, talvez agora mais poderoso do que antes, mas ainda assim privado de seu corpo físico e virtualmente impossibilitado de se manifestar no Plano Material. Pelo menos não sem ajuda de seu mais leal servo, Ahmad Zaher, que planeja através do Culto dos Abscindidos e dos membros amputados, criar para seu senhor um novo corpo, um corpo perfeito dentro das concepções que sua divindade merece.

O ritual que vai criar um novo corpo para o Etéreo, é o segredo mais bem guardado Ahmad Zaher, mas os clérigos mais fiéis ele confiou uma versão menos poderosa do ritual , que estes empregam  usando membros dos pecadores amputados para criarem corpos que após animados pela essência vinda d'O Etéreo, chamados por eles de Paladinos Abscindidos, que agem como soldados de elite do culto, enviados em missões de assassinato entre outras nas quais não são permitidas falhas. Sendo a essência d'O Etéreo muito poderosa e quase divina, os corpos animados não suportam muito tempo, gradativamente se corrompendo e ficando mais bestiais até que por fim se consomem num frenesi de fúria e sangue.

Ganchos para aventuras

Um NPC importante para os PJ's foi capturado pelo culto e será executado em breve. É vital que eles o salvem pois ele é o único que conhece um segredo/magia/informação indispensável para os jogadores. Ou devem salvá-lo por que ele está relacionado a alguma Vantagem ou Desvantagem dos jogadores ( Aliado, Mentor, Patrono, Protegido Indefeso e etc).

•Os PJ's são contratados pelo Culto dos Abscindidos para investigar umas das antigas ruínas que existem na região. Chegando lá eles podem ser atacados por rebeldes entre os quais exista um remanescente da tropa de Ahmad que deseja vingança contra ele e contra seu culto.

•O Culto dos Abscindidos está prestes a cumprir os desígnios d'O Etéreo e construir para ele um corpo divino e isso coincide com uma profecia que trará o fim do mundo que os PJ's aventureiros vem tentando impedir.

• Ahmad aprendeu com O Etéreo o mesmo ritual que ele usou para se tornar uma divindade e que deu errado. Ele acredita saber como fazer o ritual dar certo e ele próprio deseja ascender a divindade e se unir ao seu senhor. Outros membros do Culto tentarão impedi-lo.

• Um amigo dos PJ's se filiou ao Culto dos Abscindidos e após passar por um ritual recebeu a essência d'O Etéreo para se tornar um Paladino Abscindido. Agora ele vem lutando para não perder a sanidade enquanto luta contra a corrupção gradativa. Ele procura ajuda dos PJ's pois acredita ter encontrado uma forma de se salvar. O demais Paladinos Abscindidos e clérigos tentaram impedi-los pois consideram uma blasfêmia negar a essência de seu deus.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Aberrações em 3D&T: Sangue Aberrante e Progênie das Aberrações.

O que é uma aberração ?


  Em termos leigos uma aberração é uma criatura que não pertence ao Plano Material, geralmente vindo de outros planos,passados remotos , futuros alternativos, mundos alienigenas,ou mesmo uma outra realidade que sua mera existência passa a ser nociva a sanidade dos seres mortais. Para entender a diferença entre uma aberração e outros monstros, imagine que em mundos de fantasia medieval,  mesmo o camponês mais simplório já ouviu ou mesmo viu seres fantástico: dragões, seres elementais e demônios, estando inseridos na sua lógica e estando concebíveis para a mente. Enquanto as aberrações são seres que desafiam essa lógica: seres de formas , sons e cheiros tão estranhos que a mente rejeita sua mera existência, não raras vezes enlouquecendo. Esse é o efeito causado pelos demônios da Tormenta no mundo de Arton, que continuam sendo chamados erroneamente de demônios embora pertençam ao grupo das aberrações. Um erro que levou muitos aventureiros a morte.

Assim como demônios, alguns magos e clérigos malignos podem invocar aberrações para o Plano Material em busca de poder e do conhecimento que essas criaturas podem oferecer, mas não sem dar algo em troca, o que muitas vezes envolvem atos hediondos.


Sangue Aberrante (Nova Vantagem, 1 Ponto).

Um ou mais de um dos seus ancestrais era uma aberração e alguns dos seus traços da sua fisiologia aberrante passaram para você através das gerações. Esse traço se manifesta em sua aparência de maneira perceptível,mas não chegando a ser algo considerado Monstruoso, ainda que isso cause alguma estranheza nas pessoas comuns. Sangue Aberrante é uma Vantagem que pode ser combinada com outras Vantagens Únicas pertencentes ao grupos Semi-Humanos ou Humanóides, mas não Youkais, Construtos e Morto-Vivos. 

Traço Aberrante. Você pode escolher ou sortear um dos traços abaixo recebendo um bônus em determinada tarefa.

  • Couro. Sua pele possui a consistência de couro, conferindo-lhe um bônus de +1 na soma da Força de Defesa. 
  • Pele Viscosa. um bônus de +1 nas esquivas, cumulativo com Aceleração ou Teleporte. 
  • Mãos Membranosas. bônus de +2 em teste de Natação. Sua velocidade nadando é igual a sua velocidade em terra. 
  • Olhos Esbugalhados. bônus de +1 para resistir a ilusões. 
  • Característica +1. Devido a sua descendência, você é mais rápido, forte ou resistente. Escolha uma característica para receber +1 ponto de personagem.

Progênie das Aberrações ( Novo Kit)

requisito: Sangue Aberrante, R2.
função:  Tanque.

Fruto das experiências de seres como Devoradores de Mentes, Aboleths, Beholders entre outros. Esses seres são criados como guarda-costas, servos leais ou mesmo como comida. Apesar do processo brutal e inumano aos quais são submetidos quando criados, não raras vezes uma progênie, consegue escapar e se rebelar contra seus criadores. Dada a natureza pouco natural dos seus poderes e aparência estranha, não existe outra carreira que ao qual uma progênie das aberrações consiga se adequar a não ser a vida de aventureiro.


Alcance Inumano.
Seus braços são mais longos que o normal, permitindo que você toque o chão com suas mãos assim como você também pode dobrá-lo de uma maneira não natural. Os membros podem variarem aspecto,escamoso com aspecto reptiliano, viscosos como tentáculos ou são braços normais com uma junta a mais. Em termos de regras é o mesmo que possuir Membros Elásticos e Monstruoso.

Corpo Resistente.Você é mais resistente que os frágeis humanoides. Você recebe Pontos de Vida igual a Rx7. Seus Pms não são alterados.



Fome Monstruosa. Sua descendência aberrante lhe permite se alimentar de coisas que os outros não consideram como comida. Você também recebe um bônus de +2 em testes de Resistência contra doenças ou venenos.

Mente Aberrante. Ser descendente de uma aberração não altera só sua fisiologia, como também sua maneira de pensar, fazendo o resistente a efeitos mentais. Você recebe um bônus de +3 no seu teste de Resistência contra Magias ou qualquer outro poder que tenha a Vantagem Telepatia como exigência.

Metabolismo Acelerado. Você precisa dormir menos que o normal e não permanece nocauteado por muito tempo. Seu corpo reage também melhor a efeitos que deixariam os outros incapazes de agir. Você recebe um bônus de +1 para resistir a Paralisia, Sono e outros efeitos debilitantes. Mesmo em caso de falha, o efeito dura metade do tempo. Caso fique Inconsciente em seu Teste de Morte, você acorda e recupera 1 Pv em meia-hora.

Visão Aberrante.Você possui olhos ( talvez mais de um par de olhos) semelhantes ao de alguma estranha criatura. Eles podem ser segmentados como de insetos , enormes ou sem pupila nenhuma. Funcionam da mesma maneira que Visão Aguçada, Infravisão e Ver o Invisível. 

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Codex Gigas - Gancho para Aventura.

O mundo é repleto de lendas e mitos, não há quem possa negar ,assim como também não é raro que a obscuridade de algumas histórias acabe gerando uma nova lenda, uma versão ainda mais fantasiosa do que realmente aconteceu. Graças a isso, nós jogadores de RPG, podemos em momentos de pouca criatividade recorrer a essas lendas do mundo real para encontrar aquela inspiração tão necessária ao nosso hobby.

Em um dia desses de pouca inspiração e após dar uma passada no blog Mundo Tentacular, me lembrei da história do Codex Giga e surgiu a ideia de escrever uma aventura com base na lenda do livro. Hoje , venho compartilha-la com vocês.

Codex Gigas


Considerado por historiadores como o maior manuscrito medieval , pesando cerca de 75 kg e medindo 92 cm de altura, 50 cm de largura e 22 cm de espessura e com um total de 310 folhas de velino, o códice que provavelmente foi escrito por monges beneditinos é conhecido em muitos lugares como a Biblia do Diabo, devido a uma grande figura do diabo no seu interior e da lenda em torno da sua criação.


A Lenda.


Ha de saber que, segundo a lenda,  um monge que quebrou os votos monásticos e foi condenado a ser murado vivo. A fim de evitar esta severa sanção, ele prometeu a criação, em uma única noite, de um livro que glorificaria o mosteiro para sempre e que incluiria todo o conhecimento humano. Perto da meia-noite, ele teve a certeza que não conseguiria concluir esta tarefa sozinho e, por isso, fez uma oração especial, não dirigida a Deus, mas ao arcanjo banido, Lúcifer, pedindo-lhe que o ajudasse a terminar o livro em troca da sua alma. O monge vendeu, assim, a sua alma ao diabo. Assim o manuscrito do monge foi concluído e acrescentada uma imagem do diabo como agradecimento pela sua ajuda.
Apesar desta lenda, o códice não foi proibido pela Inquisição e foi analisado por muitos estudiosos ao longo dos tempos.

Considerava-se por muito tempo que esta versão de condenação ao emparedamento do monge era verdadeira, devido à interpretação precipitada da palavra Inclusus, como sendo emparedamento. Na verdade foi reconsiderada esta tradução como sendo "recluso". Seria um monge que foi condenado, ou se condenou à reclusão no mosteiro para realizar o trabalho de uma vida. Se reforça essa versão pela "dedicatória" encontrada no final do livro: hermanus inclusus, ou "Herman, o recluso" ou "Herman, o enclausurado".


O Gancho.

Um monge que para escapar de uma condenação vende sua alma ao Diabo para conseguir escrever um códice contendo todo o conhecimento humano, é uma história digna de qualquer velho de taverna, mas e se no final das contas o monge foi trapaceado ? O conhecimento é uma coisa mutável em constante expansão, todos os dias são descobertas e inventadas novas coisas, assim novas páginas teriam que se acrescentadas ao códice de tempos em tempos. Assim sendo, Herman, o escriba , deveria passar toda a eternidade escrevendo e não apenas uma noite. E é exatamente isso que o demônio tem feito com ele.

Dizem  que quando os demais monges foram vê-lo pela manhã para descobrir se ele tinha conseguido seu intento de transcrever todo conhecimento humano para um livro, encontraram-no escrevendo freneticamente, com sua mão se movendo de uma forma inumana, folha após folha , escrevendo com o próprio sangue enquanto clamava por ajuda. Atrás de si, uma figura que poderia no minimo ser considerada saída de um pesadelo. 

Desesperados os monges abandonaram o monastério para nunca mais voltar, considerando o amaldiçoado para todo o sempre e pedindo que os deuses tenha piedade da alma de Herman, o escriba, condenado pela eternidade a jamais se alimentar, descansar ou mesmo morrer enquanto o códice não estiver terminado. 

Envolvendo os heróis:

Em cenários como Tormenta, onde exista uma ordem religiosa devotada ao conhecimento como a igreja de Tanna-toh, os aventureiros podem ser contratados por clérigos da deusa do Conhecimento, para encontrarem o tal Codex Gigas. Outras religiões podem querer destruir o livro dada a sua origem maligna.

Hermanus, o escriba, possuía um irmão que vem sendo acometido com terríveis pesadelos desde o fatídico destino de seu irmão. Ele busca por heróis bravos o suficiente para salvá-lo. Isso pode tanto ser algo verdadeiro, como um engodo , forjado pelo mesmo demonio que mantem a alma de Hermanus cativa. O demônio em questão planeja capturar  ou corromper os heróis através de pactos, da mesma forma que o escriba.

A presença demoníaca no monastério conspurcou toda a a região: as plantações não vingam, o gado morre, as crianças adoecem. As pessoas temem pelo pior e tem deixado a região em um exôdo massisso. A proximidade de um inverno rigoroso desencoraja os senhores feudais da região a receber em suas terras tantas bocas famintas.


Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF