sexta-feira, 20 de outubro de 2017

SEXTA-FEIRA DO TERROR - PARTE 3

VILAREJO SOBRENATURAL

Os jogadores chegam a um vilarejo isolado de outros vilarejos e cidades, e parece estar isolado de qualquer coisa, já que celulares e telefones não funcionam ali. Existem rumores se esse vilarejo realmente existe, ou é apenas um boato (você jogador de rpg, sabe que ele realmente existe e que se o mestre quiser, você vai parar nele hora ou outra). Bem na entrada do vilarejo existe uma placa de madeira onde se lê “As leis dos homens não se aplicam aqui”, o que se torna nítido na forma como o povo tem levado suas vidas por esses lados. Coisas como canibalismo e assassinato se tornaram coisas comuns e não há ninguém a quem se possa recorrer para pedir socorro.

A Roupa de Mergulho


Enquanto exploram uma antiga base militar, os jogadores devem ir até o subsolo do local, que está alagado e ligar uma bomba para drena a água, de modo que eles possam acessar algo no subsolo. Enquanto estão ali, chapinhando na água, eles veem uma antiga roupa de mergulho flutuando na água, flutuando em direção a eles. Ao examinarem mais de perto, ela afunda na água, como se puxada por uma correnteza, se enroscando um pouco nas pernas do personagem mais próximo, antes e desaparecer na água turva. Depois de religarem a bomba para drenar a água, eles encontram uma figura alta e muito magra espreitando das sombras... a luz das lanternas ela se revela sendo a roupa de mergulho, andando vagarosamente na direção de vocês, animada por alguma força sobrenatural. Ataques cortantes ou perfurantes podem pôr um fim a ela, fazendo com a água dentro dela vazar, mas não há nada lá dentro. É possível colocar várias dessas roupas e até mesmo um daqueles escafandros antigos (esse mais resistente a tiros e cortes).

Roupa de Mergulho Assombrada
F2 (contusão), H1, R1, A1, PdF1 (perfuração); 5 PVs, 5 PMs; Armadura Extra: (Contusão); Vulnerabilidade ( Corte e Perfuração) , Devoção ( Afogar os intrusos), Maldição ( Sempre perdem a iniciativa).


A Profecia da Palavra-Cruzada

 O jornal da cidade possui um jogo de palavras cruzadas que estranhamente parece ser capaz de prever o futuro e todos são obcecados com isso. Em algum momento eles encontram com um homem que pergunta “O que tem 7 letras e é sinônimo de Massacre? Começa com a letra C.” Mais tarde no dia, um homem invade uma loja e abre fogo contra dezenas de pessoas. Chacina.


O Jogo das Sombras

Um dos jogadores percebem que sua sombra, ou a sombra de outro alguém está ligeiramente errada (ângulo errado, forma errada, ou qualquer coisa assim).  Tão logo ele tente chamar a atenção de outra pessoa para um desses detalhes, ela imediatamente volta a forma correta que deveria ter e ao falar sobre isso com outra pessoa, a pessoa vai achar que ele está ficando louco.  Estranhamente, várias outras sombras começam a se parecer estranhas para o jogador. O que está acontecendo aqui?

Demônio das Sombras
F2 (frio), H3, R2, A1, PdF2 (frio); 10 PVs, 10 PMs; Fantasma; Xamã; Devoção(abrir um portal para o Plano das Sombras).



Até que a morte os separe (Ou não)

 Os personagens trabalham para a polícia ou tem algum tipo de profissão que pode se envolver em situações perigosas, como bombeiros e são chamados para atender uma ocorrência: um homem e sua esposa estão sendo feitos reféns pela sua primeira esposa, o que já seria um problema e tanto para se resolver, mas uma coisa torna tudo pior: ela está morta a anos e agora voltou do tumulo, exigindo que o seu ex-marido anule seu casamento com a atual mulher. Ou ela vai fazer jus a frase até que a morte os separe.

Fantasma da Esposa

F0, H2, R2, A1, PdF0; 10 PVs, 40 PMs; Magia Negra, Pontos de Magia Extras x3, Voo e Xamã; |Devoção (permanecer junto do seu marido ), Maldição (à luz do dia, sofre redutor de –1 em todas as características e precisa gastar duas vezes mais PMs para usar magias e vantagens) e Monstruoso.

Magias: 10 PEs em magias de dominação.


O Artesão das bonecas

 Um homem muito velho, morando sozinho numa casa afastada na cidade, passava seu tempo fazendo todo tipo de bonecos e bonecas. Bonecos ventríloquos, brinquedos para crianças e etc. Um dia ele é encontrado morto, seus olhos arrancados das orbitas e botões colocados no lugar. Ele está usando roupas costuradas para se parecer com um de seus bonecos, e seu rosto também foi pintado de forma semelhante. Não há nenhum suspeito, pelo menos não nenhum suspeito para a polícia local, mas para investigadores do oculto, os suspeitos podem ser um dos seus bonecos. Se os personagens jogadores investigarem a cena do crime, talvez eles encontrem uma boneca bondosa, que deseja contratar os jogadores para encontrar qual das bonecas foi responsável pela morte do artesão.

Boneco Assassino
F2 (corte), H1, R2, A3, PdF0; 10 PVs, 10 PMs; Golem; Ataque Especial (força), Armadura Extra (corte, esmagamento e perfuração); Inculto, Insano (homicida), e Modelo Especial.





sexta-feira, 13 de outubro de 2017

SEXTA-FEIRA DO TERROR - PARTE 2

Continuando a publicação de ganchos e monstros com uma temática de terror e horror nesse sexta-feira 13.


A Garota do Vão

 Uma lenda japonesa sobre uma criatura que se parece com uma garota e que vive nos vãos e frestas. Os personagens estão hospedados em uma casa que tem muitos vãos e fendas. Quando um dos jogadores encontrar com ela, ela pergunta se ele quer brincar de esconde-esconde com ela. Em um próximo encontro ela pode se tornar hostil ou mesmo prender o personagem do jogador em uma das fendas. Algumas pessoas cometem o erro de aceitarem jogar com esse espirito e assumem que elas que devem procurá-lo para que ele as deixe em paz. Esse erro pode se mostrar fatal, uma vez que assim que ela encontra sua vitima, ela se sente no direito de fazer o que quiser com ela. Na duvida não aceite a brincadeira e se mude de casa, sem olhar para nenhum vão.

Girl in the Gap,Yokai Teleporter.


F2(corte), H5, R1, A0, PdF0; Demônio, Teleporte, Magia Negra, Voo.



Kuchisake-onna (A Mulher da Boca Rasgada)

 Pessoas andando sozinhas a noite podem encontrar uma mulher usando uma máscara cirúrgica, o que não é algo incomum no Japão para pessoas em tratamento ou gripadas. A mulher vai abordar um dos jogadores e perguntar “Eu sou bonita?”. Se eles disseram que não, ela irá tentar mata-los com um par de tesouras que ela leva com ela. Caso eles digam que sim, ela vai remover a máscara mostrando que sua boca foi cortada de fora a fora. A mulher – Kuchisake-onna – vai perguntar “E agora? Ainda estou bonita?”. Nesse ponto independente da resposta, ela vai atacar a sua vítima: se a resposta for não, ela corta sua vítima ao meio, caso a resposta seja sim, ela irá tentar cortar a boca de sua vítima para ficar como a sua, aberta de orelha a orelha. Dizem que para escapar ileso de um encontro com essa assombração é preciso responder sua segunda pergunta com uma resposta que a deixe confusa, dando tempo para a pessoa correr.

Kuchisake-Onna, Espirito da Vingança.


F3, H3, R4, A2, PdF0; 20 Pvs, 20 Pms.


Kit: Kit Espirito da Vingança (Intuição Vingativa, Olhar Sombrio, Passo Silencioso)


Vantagens: Ataque Especial I ( Perigoso), Paralisia.


Desvantagens: Morto-Vivo.

CASA ASSOMBRADA
Uma casa está sendo assombrada por um espirito. Seus ossos estão soterrados sob os alicerces da casa e um recente terremoto perturbou o seu sono eterno. As pessoas da família começam a desaparecer pelos cômodos das casa. Para dar um toque a mais de horror, descreva que quando o espirito se manifesta, se parece com um tubarão ou outro grande predador nadando sobre a superfície do assoalho, piso e teto.


F4, H1, R6, A1, PdF0: Aceleração, Arena ( A Casa), Armadura Extra (Força e PdF) , Vulnerabilidade (Contusão e Fogo).

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

SEXTA-FEIRA DO TERROR - PARTE 1

Começando hoje aqui no 3D&T À Bordo uma série de posts com ganchos, monstros, encontros e ideias para  mini-aventuras para aventuras de terror, tudo isso  para já ir entrando no clima do Halloween. Os posts temáticos de Terror serão publicados em toda sexta-feira até o dia 27 de Outubro. 




UNDERDOGS


 Passando por uma região desolada ou área rural, os jogadores passam por dezenas de cães, de todos os tipos: vira-latas, com pedigree, e etc. Alguns com coleiras outros sem, sentados de modo alinhado a beira da estrada, apenas olhando o grupo passar. Eles nem mesmo chegam a latir ou perseguir uns aos outros, apenas olham fixamente nos olhos dos jogadores. Uma investigação mais profunda revela que os cães na verdade são crianças ou espíritos de crianças capturadas por uma bruxa que vive numa cabana próxima do bosque.


Bruxa da Cabana, 12N

F1 (corte), H3, R2, A3, PdF2 (elétrico); 10 PVS e 10 PMs. Paralisia, Tiro Múltiplo, Sentidos Especiais (faro aguçado), Insano (paranoico), Maldição (não pode se ausentar da cabana por mais de 24 horas),  Monstruoso. Ciências proibidas, diagnose e sobrevivência (ermos).

Transformação Tórrida: toda vez que alguém é atingido pelo raio da varinha da Bruxa da cabana, deve ser sucedido em um teste de Resistência ou começa a se transformar em um animal. Se alvo falhar, adquire uma Maldição leve como desvantagem (pelos, garras, focinho, cauda.) Quem falhar nesse teste mais de 2 vezes, também adquire a desvantagem Monstruoso, manifestando as inconveniências de ser parte animal e parte humano. Um personagem atingido uma terceira vez se transforma em um animal por completo . Essas desvantagens podem ser removidas apenas pela magia Desejo ou por Cura de Maldição, com a morte da Bruxa ou com a destruição da sua varinha.

Magias de Bruxa: uma bruxa da cabana pode conjurar a magia Pequenos Desejos livremente, mesmo sem possuir nenhuma escola de magia. Além disso, ela também pode conjurar a magia Invisibilidade apenas sobre si mesma, sem qualquer custo em PMs.

CÃES NEGROS


É dito que essas assombrações que aparecem em lugares associados com a linhas Ley, surgem a partir da energia de fenômenos naturais como tempestades e lugares com muita energia negativa ( encruzilhadas, lugares de execuções e estradas antigas) e são moldadas pelas mentes daqueles que os veem no arquétipo de um cachorro negro. Dizem que ver um cão desses é presságio de morte.


Cão Negro 10N.

F3, H2, R3, A2, PdF0, 15 Pvs, 15 PMs.


Drenar esperanças: os ataques de um Cao Negro provocam perda de PVs e PMs na mesma proporção.

Visão Assombrosa: Ao ver um Cão Negro, um personagem deve ser bem sucedido em um teste de R+1; em caso de falha ele adquire a Desvantagem Assombrado por 1d de dias.



ESTRADA DA MORTE


 Vocês estão dirigindo por uma autoestrada, está chovendo e enevoado. Em certo ponto, vocês podem ver do outro lado da estrada, um animal que parece ter sido atropelado - provavelmente um cervo. Parece que tem um cachorro se alimentando da carcaça. Ao passar ao largo do animal, por mais que vocês não queiram olha a grotesca cena, ao olhar percebem que o animal não se parece exatamente com um animal normal, porque digamos que ele tem 6 pernas ou asas, mas o que faz a espinha gelar é a impressão de que enquanto estão olhando, o cão para de comer a estranhas do cervo-mutante e olha profundamente para vocês, e olhando melhor, ele não se parece exatamente com um cão normal. Enquanto estão distraídos com os animais, o carro quase sai da estrada ou bate em um tronco, qualquer coisa assim. Ao olhar em direção a onde estavam os animais, eles não estão mais ali, existe apenas uma mancha de sangue no chão. Depois de algum tempo as coisas começam a ficar estranhas: o carro para no meio da nada, a neblina nunca termina, o tempo também não passa, parece que nunca anoitece ( ou nunca amanhece). O que está acontecendo? Que barulho é esse?


O Monstro da Estrada



F3 (perfuração), H3, R2, A4, PdF0; 10 PVs, 10 PMs. Youkai. Aceleração, Membros Elásticos, Membros Extras x 2, Telepatia. Monstruoso.


Degustar o desespero: o Monstro da Estrada pode pagar 2PMs para forçar o alvo a fazer um teste de R. Se falhar, ele adquire uma Insanidade escolhida pelo mestre até o fim do combate. Personagens que adquiram essa insanidade passam a ser o principal alvo do Monstro da Estrada, que sempre saberá instintivamente onde o personagem está.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Adaptação Raças de Zendikar

A alguns dias eu publiquei  as primeiras das raças de Zendikar no formato de Vantagens Únicas para 3D&T ( você pode conferir clicando AQUI). A ideia a principio era publicar as raças aos poucos, junto com outras matérias aqui no blog, mas optei por colocar tudo em um PDF curtinho ( só tem 11 páginas) e publicá-lo aqui. Dependendo do feedback por parte de quem acessa, passarei a publicar as outras partes da adaptação no mesmo formato.





• Download pelo Google Drive.

Ler online ou baixar pelo Issu.





terça-feira, 19 de setembro de 2017

TALK LIKE A PIRATE DAY 2017 - Ganchos de Aventuras! Arrgh!

Ahoy! 

Para comemora o Dia Internacional de Falar como um Pirata, o que melhor do que "ganchos"? Ok, certamente esse não foi o melhor trocadilho de todos os tempos, mas o importante é que todos esse ganchos são genéricos podem ser adaptados até mesmo para começar uma aventura em meio uma campanha já em andamento, desde que em algum momento os jogadores tenha que atravessar alguma grande porção de água, preferencialmente salgada, ou eles serão biltres marinheiros de água doce e merecem dançar a giga do canhâmo! Arrgh!







1-Existe no sete mares um pirata cuja estranha reputação o precede onde quer que vá. Aqueles que já cruzaram com ele em algum momento, dizem que ele é um homem que busca um equilíbrio em sua vida, acreditando que atos malignos devem ser compensados por atos de bondade e vice-versa. Então, quando a sua vela surge no horizonte, todos temem por não sabem se ele vem em auxilio de uma tripulação a beira de um naufrágio, ou se ele vai saquear a costa, tomar outros navios e fazer homens e mulheres andarem na prancha, enquanto se diverte contando o butim. Em algum momento da aventura os aventureiros encontram com esse capitão. E o que ele fará com eles?

2-A bordo de um navio, os personagens jogadores presenciam uma acalorada discussão entre dois marujos por causa de uma mulher. A discussão por fim culmina com um dos homens adentrando a cabine pertencente a dama e saindo com um pequeno bau, que após algumas suplicas da mulher serem sumariamente negadas, o homem arremessa ao mar. Antes do báu desaparecer nas águas profundas, um dos jogadores pode reconhecer que um dos itens que havia ali dentro é um item mágico de valor inestimável ( pode até mesmo ser algo que os jogadores estejam buscando). Caso os jogadores desejem ficar com o item, devem agir o quanto antes, pois achar o ponto exato onde o báu foi arremessado depois, pode se mostrar uma tarefa praticamente impossível.

3-Durante uma noite na taberna do porto, um dos jogadores vence um capitão pirata e fatura um navio pirata. No outro dia quando sobem a bordo do navio recem conquistado, a tripulação não parece se perturbar em saber que o capitão perdeu o navio no jogo e concordar em permanecer a bordo. Com alguma conversa eles explicam que não é a primeira vez que isso acontece, mas toda vez que isso acontece, não demora muito o antigo capitão retorna. Eles não duvidam que acontecerá o mesmo dessa vez e recebem os personagens jogadores à bordo. A verdade por trás de tão estranho comportamento por parte dos piratas é que o navio é assombrado pelos espíritos da tripulação original do navio, e toda noite eles surgem e levam aqueles que não carregam consigo um anel de madeira esculpido pelo antigo capitão do navio. Na tripulação atual, todos possuem um anel desses consigo, e eles esperam que os fantasmas ponham um fim nos personagens jogadores.

4-O navio onde os jogadores estão, foi danificado, as causas podem ser as mais variadas possíveis: tempestades, tufões, ataques de outros piratas, uma fugada marinha ,monstros marinhos e etc... isso é irrelevante, o que importa é que eles não dispõem de meios para consertá-lo e ele parece que vai naufragar em breve. A bordo existe um numero reduzido de botes salva-vidas e a terra firme está muito longe, e o caos se instala entre a tripulação, já que não há lugar para todos e para os mantimentos o tesouro que há a bordo serem salvos. Os mais gananciosos argumentam que suas possessões valem mais do que algumas vidas. De modo a evitar uma matança desenfreada, o capitão declara que matará qualquer um que tentar tomar um lugar nos botes à força. Ele é um espadachim habilidoso e possui uma duzia de homens de confiança que farão sua palavra valer. Por fim ele decidem que cada um deve argumenta o motivo de porque deve ser salvo e os demais, julgarão se, após ouvirem seus apelos, o individuo em questão, deve ou não ser salvo.

5-A tripulação da qual os jogadores faz parte, se envolve em uma escaramuça e estão quase sendo derrotados, quando através da intervenção dos jogadores, a maré muda ( BA-DUM-TISSS!) e eles saem vitoriosos. Os demais marujos começam a achar que os jogadores trazem boa sorte. A sorte continua a sorrir para eles, que evitam um desastre natural e encontram um tesouro perdido. Com tudo isso, os personagens jogadores começam a ser tratados como realezas - até que as coisas começam a dar errado, então a tripulação atribui a eles a recente maré de azar, e decide que quer eles fora dos navio o quanto antes, e quando eles dizem isso, eles não querem dizer que vão navegar até o próximo porto, eles pretendem é fazer os jogadores andarem na prancha antes que o dia termine.

6-Depois de uma longa viagem, os jogadores desembarcam em uma ilha, onde supostamente existe um baú enterrado. Após encontram o bau, descobrem que ele está repleto de moedas de ouros, que cunhadas com um estranho simbolo. Uma rápida analise, revela que o tal simbolo, pertence a uma antiga nação que suspeitava-se que tivesse desaparecido a seculos, ou que jamais tenha existido. Uma civilização perdida, onde haveriam tesouros e maldições indizíveis. Será tudo real?

7-A chegarem em um novo porto, os jogadores descobrem que um antigo pirata aliado está descansando por ali. Ao se encontrarem com ele, o notório pirata não se parece em nada com o pirata com quem eles lidaram e lutaram no passado, e ele também não tem a menor ideia de quem os personagens jogadores são. Ao verificarem o seu navio, é o mesmo navio do qual eles se lembra, e talvez até mesmo a mesma tripulação, alguns rostos diferentes aqui e ali, mas mesma tripulação. Quem é esse homem? Um impostor ou o verdadeiro capitão de quem os jogadores se lembram? Se esse for o real, quem era o outro então?

8-Enquanto está de vigia no cesto da gávea, um dos jogadores declara ter visto uma ilha no horizonte. Quando chama os outros para ver a tal ilha, ela não está mais lá. Parece ter desaparecido como em um passe mágica. Logo depois a ilha reaparece, mas apenas para o jogador que a viu a primeira vez, e toda vez que chama outra pessoa para ver, ela parece desaparecer. Os demais membros da tripulação fazem piada sobre ele ser algum tipo de "escolhido" que haveria de encontra uma ilha mistica, onde seus desejos se realizariam. Caso o mestre queira, a ilha pode ser real e tudo não passa de uma especie de piada da tripulação com marujos novos. O mago conjura uma ilusão que faz uma falsa ilha surgir no horizonte, ou na ausência de um mago, a tripulação simplesmente finge que não está vendo nada. Após algumas risadas, eles começaram a dizer que ele é realmente o escolhido, mas que para isso deverá passar em três testes antes de finalmente chegar na ilha das lendas. O teste podem ser qualquer tipo de tarefa ultrajante, nojenta ou mesmo vergonhosa que o mestre puder bolar para testar os personagens jogadores. Pode ser até mesmo uma série de masmorras.



Esses ganchos foram traduzidos e suas versões originais podem ser encontradas clicando AQUI.


Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF